quinta-feira, dezembro 21, 2006

M043 - O último dia do Automne


É isso mesmo, associamo-nos na comemoração, eles nós aqui :-) aparece!

quarta-feira, dezembro 20, 2006

M042 - Bom Dia!

E o dia sorriu? Não! Continua fechado, feio, frio.
Por quanto tempo aguentará?
E tu?

segunda-feira, dezembro 18, 2006

M041 - Aula de Etiqueta

A Etiqueta serve para identificar o que lhe está aposto. Cada vez mais é obrigatória essa identificação através da Etiqueta. A Etiqueta tem uma linguagem própria, recorre a simbologia carregada de significado, nada é ao acaso. Convém consultar a Etiqueta, as informações são muito importantes, em caso de insucesso não se pode alegar falta de conhecimento. Ao usar a Etiqueta estamos a ser responsabilizados pelos nossos actos em consciência. A Etiqueta pode ser exterior ou interior, grande ou pequena, incómoda ou neutra, mas deve existir! Antes de a cortar é melhor pensar duas vezes, é que as Etiquetas são Boas Maneiras de comunicação positiva :-) Aprender. Sábado. Oito horas.

sexta-feira, dezembro 15, 2006

L025 - Coisas de Natal

No meu post número 25, nada melhor que falar do Natal (para não ficar mal). Ora nesta quadra, o que mais se organiza são..... (Suspense..... Rufar dos tambores..... Txaran.....) Ceias de Natal. É a ceia dos colegas de trabalho, são as ceias da escola (leram bem, ceias e não ceia, é que há várias pessoas que não se dão e então formam vários grupos; e eu feita otária aceitei ir a um jantar, agora lixo-me que tenho que ir a todos senão sujeito-me a ouvir: "Foste ao jantar organizado pela Fulana, também tens que ir ao nosso, ou não gostas de nós?"). É a ceia dos amigos, é a ceia dos colegas do tempo de estudantes, etc. E assim sucessivamente... Resumindo e concluindo já vou na 4ª francesinha (ah pois, não vos disse que as nossas ceias são sempre francesinha). Ou seja, na noite de consoada, se não houver francesinha à mesa vou estranhar (já me estou a ver eu a dizer para a minha mãe: então mãe??? onde anda a francesinha, carago? que são estas coisas verdes, com batata e este cheiro a peixe?? Não há francesinhas de bacalhau....).
E quem se vai 'refoder'? Quem vai?? Quem??? Quem mesmo?????
Vou ser eu que em Janeiro não vai haver bicileta que me valha, para queimar tanta caloria....

quinta-feira, dezembro 14, 2006

LC008 - O Pai Natal...

O personagem Pai Natal foi inspirado em São Nicolau Taumaturgo, Arcebispo de Mira, no século IV. Nicolau costumava ajudar, anonimamente, quem estivesse em dificuldades financeiras. Colocava um saco com moedas de ouro a ser ofertado na chaminé das casas. Foi declarado santo depois de muitos milagres lhe terem sido atribuídos. A sua transformação em símbolo natalino aconteceu na Alemanha.
O seu actual visual foi obra do cartonista Thomas Nast, na revista Harper´s Weeklys, em 1886 numa edição especial de Natal. É amplamente divulgado pela internet e por outros meios que a Coca-Cola terá sido a responsável pelo atual visual do Pai Natal (roupas vermelhas com detalhes em branco e cinto preto), porém isso é totalmente infundado e trata-se de uma mera coincidência, visto que o Pai Natal já apareceu assim na própria obra de Thomas Nast e em outras propagandas como propagandas da Colgate, RCA Victor, Michelin muito antes de aparecer em campanhas da Coca-Cola.

quarta-feira, dezembro 13, 2006

M040 - Pede um Desejo

Não sei se os Desejos se pedem, parece-me que se formulam ou se têm... Ainda assim, faz de conta que isto é a imagem de um Cometa ou de uma Estrela Cadente ou de um Céu Estrelado ou de uma Constelação ou de qualquer outra imensidão onde todo e qualquer Desejo tem cabimento... Prometo que não o vou satisfazer mas dar-te-ei atenção :-)

M039 - Dar o Pito

Então!
Esquecida?
Hoje é dia de Santa Luzia
Já deste o Pito?
Massa folhada
massa tenra
massa de pão
o que importa é o recheio
doce
e fios
de chila

terça-feira, dezembro 12, 2006

M038 - 12 de Dezembro

Gosto desta forma de homenagem :-)

Clica na imagem e vai lá ver antes que mude!

segunda-feira, dezembro 11, 2006

L024 - Esquisita eu?

Esquisitices

Estava eu há bem pouco tempo a actualizar uma amiga acerca da minha nova situação (é que passei da situação de noivado para o de encalhada) quando ela em conversa lança a seguinte “bomba”:


“perréupeupeu pardais ao ninho ah e tal porque tu és uma esquisita do caraças….”


RAISMAPARTAM se não me deu uma vontade tremenda de lhe pregar com um escarro na cara! Foda-se!!! Ainda por cima ela sabendo um pouco das minhas histórias!


Mas claro, venho para casa completamente “refodida ao quadrado” quando dou comigo a pensar: Serei mesmo uma esquisita do caraças? Será que sou demasiado exigente? Será que depois destes anos todos a pensar que eram eles, e afinal o problema era meu? Será que sou normal? Nisto começo a fazer uma análise mental de todas as merdas que aturei aos “gajos”. Merdas essas que vou partilhar convoso (algumas.... para vocês não irem para o hospital com uma overdose de cagadas, mas ao menos podem pôr os olhos numa croma que de certeza fez mais burradas que vocês todos juntos):

  • Um deles que fumava umas ganzas (que até era bem giro, e na altura era “cool” ter um namorado assim – claro!! Fase da parvoeira), ainda bem que o mandei à fava pois nem imaginam como ele está com aqueles neurónios depois de várias desintoxicações que já fez (que ele jura que é sempre a última);
  • Posso-vos garantir que o mundo pode acabar à cornada meus amigos, que eu estou aqui bem apetrechada, e seria uma das potenciais finalistas. Posso-o agradecer a um “defunto”, (outra denominação para ex-namorado) que coitado, não me quis deixar indefesa para esta tourada;
  • Outro que agora é um empresário de sucesso, que coitado sofria de uma “qualquer coisa precoce”, (foda-se, essa merda é que não aturo!!)

Depois de uma montra (ah pois é, não estão aqui todos…) destas, ainda me chamam esquisita???? Ou será que mais vale mal-casada que encalhada?


CARALHOSMAFODAM se me arrependo de os ter mandado à merda, nem invejo as respectivas companheiras. E digo mais: CARNE QUE EU NÃO COMA, CAES COM ELA!!!!!!!!!!

M037 - A Felicidade Contagia :-)

Hoje é o primeiro dia que vejo neve no alto da serra, uma neve que nem para postal serve, são pedaços de gelo espalhados em cima de pedras que tornam o ar frio e transformam a roupa em folhas de papel “Hoje ele falou do futuro e senti-o verdadeiro e apaixonado. Oh, Mónica, tudo o que precisávamos agora era de um bocadinho de sorte para este amor fortalecer e vingar, momentos maus e difíceis são garantidos, mas se a essência desta coisa tão nossa prevalecer... mais um bocadinho e ainda acredito no Pai Natal!!! Amiga, sinto-me tranquila, feliz - com toda a inquietação que isso implica.... Paradoxo.” O Sol está radioso.

domingo, dezembro 10, 2006

M036 - Da Mãe dos Irmãos

"...Há qualquer coisa de maravilhoso nisto de uma pessoa viver a cem léguas de outra, nunca a ter visto nem esperar ver - e de repente passar a viver com ela, pensar nela, dormir com ela à cabeceira. Simplesmente porque essa pessoa escreve e um dia se lembrou de nos contar histórias vividas ou inventadas, estabelecendo dessa forma a corrente de empatia que constitui neste mundo a comunicação dos artistas..." copiado do livro "Uma página por dia" de Irene Gil, Edições Neve, a mãe do José Gil e Fernando Gil, "...Três miúdas, grave, de longas tranças aloiradas a mais velha, viva e espiégle a do meio, crisálida e amimada a mais pequena, formam a parte feminina do pequeno grupo infantil, que há hora do calor mais intenso, na alegre sala aberta ao mar, continua de má vontade os estudos interrompidos... Meu Deus, como é maçador remoer tantas vezes o verbo aller quando lá fora a Natureza lhes oferece lições mais fáceis e belas...", pois, a minha mãe quando era "grave" :-)

sábado, dezembro 09, 2006

LC007 - Partida ou chegada?

De máquina na mão decidi ir fotografar a cidade onde moro. Desta vez houve tempo para algumas experiências fotográficas...
Questão: o electrico está a chegar ou a partir?

quarta-feira, dezembro 06, 2006

LC005 - "Penso logo coiso????"

É assim, nunca percebi aquela cena do Descartes... Penso logo existo? Não me soa bem, existe algo de estranho.....

Eu gosto mais desta, comunico logo existo....

Imaginem que voçês nasciam e era metidos imediatamente numa caixa selada onde não entrava luz, nem som, apenas comida para vos manter vivo... Ora bem, dentro da caixa voçês podiam pensar, mas de que vale sabermos que existimos se não o podemos comunicar aos outros???

De que vale a existência sem comunicação?

E o que é que voçês têm a dizer..."comunico logo............

terça-feira, dezembro 05, 2006

M033 - Para a Alcina

Que outra forma para cativar o teu espirito e a tua palavra?
Ingredientes (para 2 bestas :P ou 4 pessoas) :
500g de migas de bacalhau
600g de batatas
350g de cenouras
350g de cebolas
3 fatias de pão de forma sem côdea (ou miolo de 3 carcaças -> vindo de Lisboa)
2,5dl de leite
6 a 8 colheres de sopa de azeite
1dl de natas
Queijo ralado q.b. (nada de proporcionalidades! -> esta não percebo)
Sal e noz moscada q.b.
Preparação:
Coza o bacalhau, previamente demolhado, as batatas e as cenouras. Depois de cozidas, passe as batatas e as cenouras pelo passe-vite. Num tacho, leve a cebola em rodelas ao lume com o azeite e, quando estiver dourada, junte o puré de batatas e cenouras. Numa tigela, parta o pão em pedaços, adicione o leite a ferver e misture bem até obter a consistência de uma papa. Deite-a no tacho do puré, envolva muito bem e retire do lume. Junte o bacalhau e tempere com sal e noz moscada. Coloque esta mistura numa travessa, polvilhe com queijo ralado, de seguida espalhe as natas e volte a polvilhar com queijo. Leve ao forno a gratinar.
Receita do Pedro. Consigo convencer-te?
:-)

domingo, dezembro 03, 2006

quinta-feira, novembro 30, 2006

L024 - Comemoração

Meus amigos, não sei se deram conta, mas.... Mas.... Mas.... Estamos a chegar ao visitante número 3.000!!!!!!!!!!! Ah pois é!!
E já fiz a minha parte, já estendi o tapete vermelho, já comprei umas garrafitas, tremoços, e amendoíns (minuís, como alguém já escreveu), já preparei uma música que isto vai ser uma festa de arromba.
Afinal há gente que gosta das nossas crónicas e das nossas aventuras. Ao menos que sirva para se rirem um pouco (falo por mim).
E como disse um dos cromos (outro... ah pois é, que isto na noite é só cromos, em saídas à noite não se esqueçam da caderneta, mas por sinal este até era bem giro mas calado porque se abria a boca estragava tudo, mas pensando bem eu também não reparei nele para conversar, mas continuando, senão não acabo) que conheci nas minhas saídas nocturnas que dizia que não percebia as mulheres em Vila Real, porque no Porto as mulheres caíam todos aos pés dele e que aqui as mulheres deviam ser cegas. (para quem duvida, eu tenho testemunhas, porque eu se não ouvisse também não acreditava)
E depois do post do Henry eu também comecei a achar que andava meia cegueta, ( deve ser da idade... Não perdoa!!) nem liguei muito ao caso. E também não me estava nada a apetecer cair...
Afinal nesta cidade de mulheres cegas ainda há algumas que perdem tempo a ler as nossas crónicas. (os números não mentem)
Posto isto, meus amigos ficamos aqui a aguardar pacientemente pelo visitante número 3.000, e já me lembrei de comprar um brindezinho, acho que merece... Que acham?

HY09 - Existe sempre _2

"...Existe sempre um dia em que o cor-de-rosa se torna cinza..."

quarta-feira, novembro 29, 2006

LC004 - Existe sempre

Existe sempre um dia em que a realidade nos ataca e a ilusão desaparece. Esse dia chama-se hoje, ontem, amanhã, não interessa...O que interessa é que ele acontece, sem aviso prévio, sem dizer porquê ou como..
Existe sempre um dia em que o cor-de-rosa se torna cinza, em que o cenário, os actores e as paredes colapsam...apenas resta o palco, frio, nú e sem vida...
Existe sempre um dia em que o sonho se vai...

terça-feira, novembro 28, 2006

L023 - Coisas da vida 5

Subtileza
Claro que após aquela mensagem eu comecei a pensar com mais cautela... (como fazer com que ele compreenda que eu não gostei dele, merda!?!?!?!) Não vá eu dizer algo de errado, ou que dê azo a outras interpretações, e não demora nada apareça ele à porta de casa grávido e a exigir que se vingue a sua honra e eu ainda tenha que casar com ele (foda-se que isto de ser mulher não é nada fácil, muito menos quando se dá assim com um chavascos destes).
Lá usei eu da minha argumentação e para não ferir a susceptibilidade de ninguém (armada em madre teresa de calcutá, é desta que ganho dedinitivamente o meu lugar no céu) respondo:
"blá blá blá és um rapaz impecável, mas eu de momento não quero namorar com niguém, bla bla e coisa e tal. XAU!"
Fodaaaaa-se! Quem me manda ser mentirosa? Também foi por uma boa causa... Não queria que ele fosse a correr atirar-se da ponte (pensando bem...) e depois ficar com o peso na consciência (caraças que isto é que não dá jeitinho nenhum nos dias de hoje).
No sábado à noite e na discoteca do costume (para quem não sabe, é favor ler os posts anteriores), estava lá eu a curtir a noite numa nice (com o meu copinho na mão, claro!), a ouvir uma musica (que já nao me lembro, mas deve ter sido kizomba, arre!!!) quando dou uma vista de olhos ao ambiente, quem encontro a passar por mim? Quem? Estão vocês a pensar: o cromo! E pensam muito bem!! Era ele mesmo em carne e osso... E sabem a melhor?? Fez de conta que não me conhecia e virou a cara!!!
Foda-se, 350 mil vezes foda-se! Ando eu aqui armada em santa casa da misericórdia e depois nem por educação e cortersia me cumprimentam... Olhem-me que isto há com cada uma... (foi nesta altura que pensei que devia ter sido bruta, para ver se o gajo se atirava mesmo da ponte)
Posto isto, meus amigos ficam desde já a saber que em próximas incursões nocturnas e no caso de aparecer cromos destes a dizer que me querem conhecer a resposta vai ser a seguinte:
"E se fosses po caralho? Raspa! Desaparece daqui! Xô! Desinfecta"
PS: Adiem lá as fatiotas que pelo que estou a ver não será tão breve que desencalho....

L022 - Coisas da vida 4

Meus amigos, continuando com esta novela mexicana/venezuelana ou o raio,(sim, sim, pensavam que acabava com duas tretas?), episódio 465, do cromo-que-procura-namorada-séria-para-casar. Ora, dias depois da famosa ida ao cinema recebo a seguinte mensagem que passo a descrever:

"blá, blá, coisa e tal, estou muito interessado em ti, e gostava de namorar contigo, blá blá blá"

Oh meus amigoszzzz (foda-se que o gajo é burro todos os dias, estas merdas só a mim), eu agora pergunto: que fiz de errado? qual das partes não percebeu?
  • O estar sentada ao lado dele completamente inclinada para o lado oposto;
  • Responder-lhe com monossílabos;
  • Ter bazado quem nem uma flecha após o filme;
  • Não voltar a dar sinal de vida;
  • Ter arranjado uma desculpa para não voltar a estar com ele, pelo menos nos próximos dois meses(sim, sim... tenho uma imaginação do caraças para inventar desculpas que nem vos passa...)

Foda-se!!!!!!!!!! Que resposta merece este cancro????? Estas merdas só mesmo a mim...

PS: Para o bloguiano com mania de psicanalista: Meu caro, a mim não me falta nada, nadica de nada, tenho tuuuuuuuuuuuuuuudo no sítio!!! Não te faltará a ti qualquer coisa? Nomeadamente conhecer-me melhor para fazer tal observação?

segunda-feira, novembro 27, 2006

LC003 - Um poema do fundo da gaveta

Miragem, breve passagem
Sem coragem nem perdão,
Vertigem, essa origem
Da fuligem no meu coração.

Progresso, um bom regresso
Ao retrocesso da emoção,
Esperança, vaga lembrança
Na exorbitância da curtição.

Luís Carvalho

M031 - De Cinzento e de Gelo

Um acaso de azar produz esta forma, enceno um ambiente cinzento e imagino formas à medida que o calor e o olhar persistem sobre a inutilidade.

M030 - Achas?

Hoje recebi uma mensagem de correio electrónico com uma ligação, fui lá espreitar e não percebo qual a novidade da notícia, na minha opinião, isto é efeitos da assertividade, é historicamente constatável e indiscutível que o funcionário público tem menor salário que o trabalhador que não é funcionário público e as diferenças começam logo na designação: funcionário contra trabalhador ;-) isto já não é ser assertivo, são achas!, como compensação tem um sistema de saúde incomparavelmente melhor e emprego para toda a vida e mais seis meses. Esta ideia foi-me incutida desde criança, mais achas em chamas!, ser funcionário público é o cúmulo da acomodação, da falta de ambição, do servilismo ao estado e à política do governo, mais ainda umas coisas que caíram em desuso: crente em deus, na pátria e em mangas de alpaca, ui já está tudo a arder! Nada de mal, cada um escolhe a vida que quer, onde melhor se sente realizado, ajustado, seguro, desde que tenha alternativa… pois, o pior é que estas ideias preconcebidas valem cada vez menos: quem é que ainda quer ser trabalhador? Pronto já estou no inferno!

sábado, novembro 25, 2006

HY08 - aguardo sugestões para o título

Conhecem a canção de
Vinícius de Moraes...
Porque hoje é Sábado?
O dia da criação
Macho e fêmea os criou... Gênese, 1, 27

I
Hoje é sábado, amanhã é domingo
A vida vem em ondas, como o mar
Os bondes andam em cima dos trilhos
E Nosso Senhor Jesus Cristo morreu na cruz para nos salvar.

Hoje é sábado, amanhã é domingo
Não há nada como o tempo para passar
Foi muita bondade de Nosso Senhor Jesus Cristo
Mas por via das dúvidas livrai-nos meu Deus de todo mal

Porque hoje é sábado anda um FELINO à solta
Hoje é sábado, amanhã é domingo
Amanhã não gosta de ver ninguém bem
Hoje é que é o dia do presente
O dia é sábado.

amanhã é domingo, dia do meu GATO acertar os BIGODES
ontem foi domingo, hoje é segunda feira
há um POLÍCIA à nossa espera
só falta um BIGODE para lhe dar um ar mais ...

Impossível fugir a essa dura realidade

(continua)
......................................................................................................................
esquisso: post com pagamento de sisa, seja um terreno ou uma moradia
quando escolhi o arquitecto Siza Vieira, não foi por acaso!
a relação entre as duas palavras |Si(s)(z)as| existe ...
posso estar enganado ou não, no entanto comecei já a dar a mão à palmatória
com retroativos e adiantamentos, com o famoso texto.
tenham paciência comigo ...
é nestas alturas que sentimos a falta das pessoas que partem por esta ou outra razão, não é relevante neste caso, mas...
uma especialista em linguística |:-) faz falta neste blog, mais não seja, apenas para tirar algumas teias de aranha do diccionário blogueiro.
este projecto virtual é uma homenagem a meu amigo virtual
Vinícius de Moraes

sexta-feira, novembro 24, 2006

M029 - Em Grande Estilo

A notícia saiu num jornal diário mas não resisto a contar a outra versão da história porque conheço a Jovem Protagonista Principal, ah pois é, somos literalmente colegas de carteira, partilhamos a nossa borracha e tudo. Estávamos numa aula destas com a nossa Lurdinhas, OLÁ BOA NOITE (com ela a noite promete sempre) quando bate à porta, interrompendo uma importante sessão de assertividade, um senhor a perguntar pela Jovem Protagonista Principal. E lá foi ela com os seus sapatos lilases de salto alto e casaco de pele de leopardo encarar as suas obrigações sociais: pois a história trata-se de um assalto em alta sociedade, à própria Jovem Protagonista Principal, mais propriamente a dano material de um vidro de veículo para o furto de um computador portátil. Um verdadeiro aborrecimento, tendo em conta que o autor do furto qualificado apanhado em flagrante era um segurança habituado a frequentar os locais por onde a Jovem Protagonista Principal se move, como é que ela poderá ir à próxima festa, passagem de ano ou festa de máscaras, com a suspeita que poderá haver outro delinquente no grupo dos grandalhões de óculos escuros fato cabelo rapado e ar de profissional da defesa da integridade física e eventualmente moral das costas de algum amigo ou amiga? A Jovem Protagonista Principal tem andado tão infeliz e deprimida que nem revela o quanto é criança espontânea, não quer comer gelados, está a ponderar a hipótese de não dar mais autógrafos e faltar ao importante encontro com o Guru da Economia… Sem a Jovem Protagonista Principal perdemos todo o carisma, tenho que fazer qualquer coisa mas não sei o quê…

LC002 - Mobilização contra os Franceses

Não é por nada, nem sequer sei porque é que não gosto dos Franceses... De bom de bom acho que só têm os carros, os croissant e a malta Portuguesa que lá vive. É por isso que vi com particular alegria uma notícia no semanário Sol que diz o seguinte:

"No papel de língua materna o Portugês é mais falado do que o Françês, o Alemão, o Italinao e o Japonês. As contas apresentadas pelo NewYork times revelam a existência de 230 milhões de falantes do idioma Luso"

Franceses do Mundo, essa treta da igualdade e fraternidade não vos leva a lado nehum... Reparem bem no que deu; motins nas ruas, carros em chamas e políticas descabidas sobre véus e genocídios Arménios...

Acordem pá realidade....nós os Portugueses é que sabemos fazer bem as coisas, fomos donos de meio Mundo, curtimos as praias do Brasil e fomos jogar blackjack até Macau, pelo caminho descobrimos umas quantas ilhas...é verdade, ainda demos a volta ao Mundo. No final ficamos com um jardim à beira mar plantado onde as pessoas gostam de viver, como sempre disse a minha mãe....pobres, mas alegres.

E muito, muito importante, Portugal nunca fretou nenhum avião para tranportar Ayatolas islamitas para o Irão e nunca ajudou a construir centrais nucleares para ditadores...

Franceses abram a pestana...

quinta-feira, novembro 23, 2006

S007 - Queres ser bonita?

S006 - Concurso #7

Meus Meninos, vamos testar a vossa perspicácia.

Ao fazer o teste do site racha cuca apercebi-me que algumas frases importantes não estavam lá. ...

Como por exemplo:
- 4 P C - 4 Pontos Cardeais
-10 M da L de D
- 12 M num A
- 7 M do M
- 7 C a 1 O
- B N e os 7 A
- 60 M numa H
- 4 L num Q
- 3 M num T
- A B e os 40 L
- 5 P da E de D
- 273,15 é o 0 da E C na E K
- 3,14 é o P
- 4 E do A
- 4 Q

Bom jogo e divirtam-se.

PS: Se tiverem mais sugestões não se acanhem, força.

LC001 - Olá, eu sou o Luís...

Olá a todos, não sei bem ao certo o motivo que levou a Sofia a convidar-me para escrever neste blog... No entanto, como me dá grande prazer escrever seja lá o que for, decidi aceitar o convite...
Espero que não se arrependam de ter aqui um tipo tão maluco como eu... Como apenas a Sofia me conhece aqui fica um pequena apresentação sobre a minha pessoa:

Nome:Luís
Data de nascimento: Não me lembro, mas a minha mãe disse que foi numa 5ªfeira chuvosa
Morada oficial: Luislândia
Morada actual: Potsdam
Gostava de: Ser mais do que sou agora
Orgulho-me de: Ajudar as pessoas
Tenho pena de: Não poder ajudar toda a gente
O meu sonho: Ser feliz
O meu pessadelo: Não ser sequer
A minha maior dúvida: Onde estás?
A minha maior certeza: Estou aqui !!!

PS:Leonor não aceites um convite de alguém para ir ao cinema simplesmente por pena...

Já agora - state83.blogspot.com

terça-feira, novembro 21, 2006

S005 - Concurso #6 Jogo de Palavras - 3

Regras:
1) É dada uma palavra;
2) Vamos construir uma cadeia de palavras relacionadas com a antecedente, sem repetir nenhuma;
3) Quem quebrar a corrente (repetir a palavra ou comentar com mais que uma palavra) terá que iniciar uma nova corrente, sugerindo a primeira palavra;
4) Quem quebrar a corrente terá ainda que escrever um texto (que será publicado) onde inclua todas as palavras mencionadas no jogo;
5) Se ao fim de uma semana (quinta-feira seguinte) ninguém quebrar o jogo recomeça uma nova corrente;
6) Todos podem participar mais de uma vez, desde que não consecutiva;
NOTA: por favor evitem usar palavras estrangeiras.
Ponham essa imaginação a funcionar com a palavra ONÇA.
Boa sorte a todos :-)

L021 - Coisas da vida 3

Cada vez me convenço mais que só faço m.....
Lembram-se do cromo que andava à procura de namorada para casar(ler post L019 de 9 de novembro)? Pois é... Convidou-me para ir ao cinema, eu armada em Santa Casa da Misericódia, lá aceitei (F******, só faço m******, se estivesse quietinha e caladinha é que fazia bem!).
Mal aceitei arrependi-me logo, mas já tava dito e a palavra de rei não volta atrás! Bem, já que estava feito, lá ganhei coragem e 'butes' lá, que não há-de ser nada de mais! (pensei eu....)
Combinamos no Shoping, quando o vi, ainda fiquei pior! Lá fomos escolher o filme e claro eu escolhi o que começava mais cedo, (F******* pa mim porque não fiquei calada e inventei uma desculpa??), nem queria pensar em esperar mais uma hora pelo próximo filme (ainda cortava os pulsos). Diga-se de passagem que o filme foi uma seca, mas teve que ser... (eu mereço!)
Ou seja, deparo-me eu feita estúpida, sentada numa sala de cinema a ver um filme que não queria e com uma companhia que não apreciava(Mais uma vez, f***** pa mim, só à bofetada) meia inclinada para fugir aos avanços do cromo... (que figuras... mas eu agora ando a candidatar-me a um lugar no céu??? outra vez, f******** pa mim)
Bem meus amigos, eu só rezava para à saída não encontrar ninguém conhecido e ficar na vergonha. Posso-vos garantir que foi a primeira vez na vida que havendo intervalo, não aproveitei para vir fumar um cigarro... É claro que no fim e no carro fumei o dobro com a raiva que tinha de mim mesma... (e claro que os pontos que ganhei para a minha entrada no céu foram gastos a dizer palavrões e a excomungar-me )
Cheguei à conclusão que não preciso de inimigos para me enxovalharem.... Eu mesma tomo conta do assunto!!!!!!!!!!!!

sábado, novembro 18, 2006

L020 - Coisas da Vida 2

Meus amigos, cá tou eu para vos contar as últimas novidades, eu sei que estavam desertinhos para saber de tudo (pelo menos o henry mostrou interesse) pois bem, e a pedido de várias famílias, este meu post vai ser dedicado a todos os exemplares do sexo masculino que navegam por este universo bloguiano.
Meus caros amigos (solteiros, casados, viúvos, divorciados, etc) no primeiro encontro com uma mulher sigam, pelo menos as seguintes regras(umas coisicas de nada e aposto que não se vão esquecer):
1 - Na altura dos beijos evitem a todo o custo tentar chegar com a língua às amígadalas, se a gente quisesse que nos inspeccionassem as ditas íamos ao Otorrinolaringologista(ufa... saiu bem) e não estavamos ali feitas maluquinhas de boca aberta, ainda por cima para ficar com os maxilares doridos;
2 - Se querem andar aos beijos é favor cortar a barba bem cortadinha, porque (sim meus amigos é verdade!!!) a pele das mulheres é muito sensível (pelo menos a minha), e no dia seguinte andamos feitas 'trengas' a rezar para que ninguem desconfie daquela 'alergia' que temos no queixo. Além do mais as colegas de trabaho e mulheres em geral (porque as mulheres bem sabem ao que se deve este tipo de alergia) não têm necessidade nenhuma de saber quando se anda nas curtes.
Haveria mais, mas de momento memorizem estas duas porque são muito, muito, muito, mas mesmo muito importantes, quanto ao item 1, acreditem meus amigos, se não passarem nesta prova bem podem esquecer o resto...
Agora tenho que ir passar um creme no queixo para este raio de alergia.....

sexta-feira, novembro 17, 2006

M028 - A Inveja

Não sei explicar porque é me pus em frente à fotografia exposta na montra, porque é que tirei a fotografia, porque é que cada vez que olho para as pastas onde guardo as fotografias olho imediatamente para ela e porque é que me apetece mostrá-la.
Parte da minha INVEJA recai sobre a criatividade dos outros quando se trata de pintura ou fotografia, de ler poucas palavras mas as perfeitas, de perceber a ironia sorridente das imagens e das palavras certas juntas. A minha INVEJA está aqui, aqui, aqui, aqui, com muitos mais a descobrir :-) e a tua?

M027 - A próxima medalha Fields

A medalha Fields é atribuída de quatro em quatro anos aos melhores desempenhos na matemática, alternando com os Jogos Olímpicos, mente sã em corpo são, uma espécie de prémio Nobel, já que o Nobel, envolvido numa lenda sobre a história clássica de ciúmes entre dois homens e uma mulher, não premeia quem se distingue na ciência que dá credibilidade às outras... sim, pois é, alguém se atreve a descredibilizar aquilo que é sustentado por números? Bem, adiante, que não é isso que importa agora, proponho a próxima medalha para este texto sobre matemática: isto sim é que é uma opinião, eu já me "atrevi" e tu?

quinta-feira, novembro 16, 2006

M026 - No país da banda larga

Informação útil para quem não gosta de esperar. Já reparaste?
Os pontos negros são aquelas horas mesmo mesmo mas mesmo a evitar :-)
Fotografia da Sofia de 29 de Agosto de 2006

quarta-feira, novembro 15, 2006

HY07 - vai um copo!

céu pouco nublado...
esta viagem começa aqui...
e a mesa ainda está vazia!
há 6 lugares disponíveis...
neste caso é reservado o direito de admissão como é óbvio...

M025 - O dialecto do álcool


Tradução por favor!

HY06 - ........................................ :-)

segunda-feira, novembro 13, 2006

M024 - Sem ofensa mas...

...esta tem piada e foi a minha mãe que me enviou por correio electrónico:
"- Onde é que tu estavas?
Pergunta a mãe à menininha.
- No quarto, a brincar aos médicos com o Joãozinho: Ele era o médico e eu a doente.
A mãe dá um grito e um salto da cadeira.
- Aos médicos!?!
- Médicos da Caixa, mãe... Ele nem me atendeu!
Daaahhh!!!..."
Isto é o que dá ter uma consulta marcada no hospital (acho que não vale a pena explicar as antecedências!!!) que por coincidência calhou no dia de greve. E qual foi o motivo da greve?

domingo, novembro 12, 2006

N015: Em dia de S. Martinho...


... Sol rutilante. É tradição!
... Árvore despida. É da estação.
E a fantasia do Natal já anunciado?...

sexta-feira, novembro 10, 2006

N014: ... e é epiceno!

Cá está o bichinho da polémica! :-)
A onça pode ter amigas não recomendáveis, mas que é um felino lindíssimo parece-me incontestável!
(fotografia retirada daqui)
Concentremo-nos na beleza do animal e nas coisas que vale realmente a pena apreciar e esqueçamos as contendas. A verdade é que a maior parte toca o Português de improviso e está na índole nacional ser ousado, destemido, sobretudo se não estão em risco nem salário, nem férias, nem perda de outras regalias e se trocam meras palavras… E no entusiasmo do jogo, quem se lembra de ir ao dicionário? Ah?...
Enfim, para que não restem dúvidas, cá vai uma classificação completa do nome ONÇA, segundo a nova terminologia linguística portuguesa. Não precisam agradecer, eu até estava com a mão na massa (que não na maça…)! ;-)

Onça: nome comum, animado, não humano, concreto, contável, epiceno.
P.S.- E já que é epiceno, o desafio para hoje será descobrirem se, este exemplar em concreto, é macho ou fêmea... ;-)
--//--
Bom fim de semana, cheio de boas palavras, se possível em bom Português!

quinta-feira, novembro 09, 2006

L019 - Coisas da Vida

Num dos sábado que tomei a decisão de ir 'curtir ' a noite...
Na falta de melhor para fazer e como constactei que necessito urgentemente de melhorar a minha visão como pude verificar pelo post do Henry, nada melhor então do que uma saída, uns copos e muita música pelo meio...
Estavamos nós na discoteca cá da terrinha, não quero dizer o nome mas fica no pioledo, a curtir a nossa onda, quando deparamos com um rapaz muito 'giro' que dançava na micro pista da discoteca, ora como não somos cegas e toda a gente gosta de apreciar as coisas boas, fartamo-nos de regalar a vistas... Qual não é o meu espanto quando chego eu na segunda-feira à escola (uma E.B. 2/3, ou seja, até ao 9º ano) e encontro o dito rapaz, é aluno lá.... Podem imaginar que fiquei 'podre'! (F******, 9º ano???? Enganou bem, eu dava-lhe aí uns 22 anos, imaginem que nos tínhamos metido com o rapaz??Xiça!!!!). Entretanto e após algumas investigações, descobri que mais mulheres se enganaram a respeito dele....
Ainda no sábado, lá pela noite dentro, e depois de ir 'conhecendo' alguns cancros que por ali andavam a 'passarinhar' lá apareceu um, com um ar muito normal (sim meus amigos, porque nos dias de hoje o ser normal já é muito raro e uma característica bastante apreciável) e lá trocamos os números de telemóvel (ele é que ficou com o número porque os copos àquela hora já eram bastantes e eu não ía fazer figurinhas tristes a tentar acertar nas minúsculas teclas do telefone). O qual pude conhecer melhor no dia seguinte após um café ao final da tarde, e me apercebi que andava à procura de namorada séria para casar (F*****!!!! Pa casar???? Tirem-me deste filme). Mas....??? Já não se usam as famosas 'curtes'?? Ké isto???
Meus amigos estou seriamente a desconfiar que com o passar dos anos me transformei numa pedófila leviana e doidivanas...
Agora vou até àquele cantinho cheirar aquela teia de aranha até que me passe o trauma...

terça-feira, novembro 07, 2006

S004 - Concurso #5 Jogo de Palavras - 2

Regras:
1) É dada uma palavra;
2) Vamos construir uma cadeia de palavras relacionadas com a antecedente, sem repetir nenhuma;
3) Quem quebrar a corrente (repetir a palavra ou comentar com mais que uma palavra) terá que iniciar uma nova corrente, sugerindo a primeira palavra;
4) Quem quebrar a corrente terá ainda que escrever um texto (que será publicado) onde inclua todas as palavras mencionadas no jogo;
5) Se ao fim de uma semana (quinta-feira seguinte) ninguém quebrar o jogo recomeça uma nova corrente;
6) Todos podem participar mais de uma vez, desde que não consecutiva;
NOTA: por favor evitem usar palavras estrangeiras.
Ponham essa imaginação a funcionar com a palavra ÓNUS.
Boa sorte a todos :-)

M023 - Mais que fazer :-)

A minha amiga Alcina Maria está aflita com o Jogo de Palavras da Sofia porque acha que a desclassificação dela foi injusta, a culpa foi do duplo-carrega-no-entra… por isso, e para compensar as expectativas que todos criaram à volta do assunto, proponho a leitura da revista de compras pelo cartão de crédito-não-vale-a-pena-dizer-o-nome: que tal uma “pulseira da arca do tesouro de uma rainha africana”, um “telescópio com a forma de um par de óculos”, um “grelhador de bolso” , um “cinto guarda-notas”, uma “balança/banco digital”, um “secador de sapatos por raios ultravioleta” ou finalmente um “chuveiro com oxigénio extra”? Inventar estes artigos deve dar tanta piada como descobrir a utilidade do Jogo de Palavras da Sofia: puro divertimento!

segunda-feira, novembro 06, 2006

N013: Palavras para esta imagem!

Uma ou muitas. Palavras soltas. Texto corrido.
*
*
*
*
*
*
Se é verdade que uma imagem vale mil palavras (!),
das mil escolha algumas das que esta imagem lhe diz!
*
*
*
(fotografia de ?
creio que digitalizada a partir de uma Photo,
mas já a guardo há tanto tempo que não posso garantir...)

sexta-feira, novembro 03, 2006

M022 - Porquê?

A manhã até começou bem, ontem não liguei o despertador... mas devia ter desconfiado das nuvens que tapavam o Sol... depois de saber pelo Intruso que sou louca como Rasputin e que o Henry associa a palavra verde a Sporting, uma palavra estrangeira LOL, logo à tarde vou repensar a minha maneira de ser :-( e à noite aprender a ser assertiva :-)


Faz também o teste: Que génio-louco és tu?

quinta-feira, novembro 02, 2006

S003 - Concurso #4 Jogo de Palavras - 1

Regras:
1) É dada uma palavra;
2) Vamos construir uma cadeia de palavras relacionadas com a antecedente, sem repetir nenhuma;
3) Quem quebrar a corrente (repetir a palavra ou comentar com mais que uma palavra) terá que iniciar uma nova corrente, sugerindo a primeira palavra;
4) São válidos (e serão exibidos) os comentários apagados;
5) Se ao fim de uma semana (quinta-feira seguinte) ninguém quebrar o jogo recomeça uma nova corrente;
6) Todos podem participar mais de uma vez, desde que não consecutiva.
Ponham essa imaginação a funcionar com a palavra IMAGINAÇÃO.
Boa sorte a todos :-)

HY05 - Concurso #3


tenham um bom dia de trabalho
:-)

quarta-feira, novembro 01, 2006

N012: O padre e a loura

Desde a abertura da escola que a disciplina de Moral e Religião era leccionada pelo padre Jorge. Disciplina e professor estavam já tão ligados e a “tradição” de tal maneira arreigada, que os alunos ganharam o hábito de dizer que iam ter padre Jorge, se no horário figurava a aula de Moral.
Por isso, quando chegou o ano da reforma do padre e os miúdos viram à porta da sala uma mulher, a notícia e o espanto correram céleres toda a escola: ESTE ANO O PADRE JORGE É UMA LOURA!!!!!!!!!!

(Episódio verídico, passado na minha escola)

terça-feira, outubro 31, 2006

M021 - Concurso #2 - Vocabulário de que idade?

Descobre o significado dos verbos que se encontram no quadro seguinte e distribui-os pelas explicações.
identificar
justificar
transcrever
seleccionar
comparar
completar
resumir
caracterizar
explicar
ordenar
delimitar
a) Procurar as semelhanças e as diferenças:
b) Apresentar as razões que explicam uma afirmação:
c) Copiar as palavras do texto colocando-as entre aspas:
d) Dizer com poucas palavras as ideias mais importantes:
e) Dizer como é:
f) Pôr por ordem:
g) Dizer onde começa e onde acaba:
h) Escrever o que falta:
i) Dizer o que é ou quem é:
j) Indicar as características:
l) Escolher:

"O Segredo das Palavras" de Encarnação Horta e Sofia Romão, Edições Santillana Constância

N011: Incómodo

Foi a propósito de incómodo, que é a palavra-tema desta semana no concurso «Fotodicionário», que uma amiga me enviou algumas imagens de estranhas e incómodas moradias... Pelo menos por fora...




Digam lá, senhores engenheiros e demais projectistas e leitores, o que vos parece: Sólidas? Seguras?... Belas? Horríveis? Reais?...



domingo, outubro 29, 2006

C007: Floresta Artificial

M020 - Açúcar Amarelo

À publicidade agressiva dos pacotes de açúcar associo a morte agressiva de um colega amigo: procuremos os beijos que nos prolongam a vida e se possível evitemos dar a face aos que nos põem a dormir para sempre :-)

quinta-feira, outubro 26, 2006

L018 - Alteração ao Código de Trabalho

ALTERAÇÃO AO CÓDIGO DO TRABALHO

1. INDUMENTÁRIA:

Informamos que o funcionário deverá trabalhar vestido de acordo com o seu Salário. Se o virmos calçado com uns ténis Adidas de 100EUR ou com uma bolsa Gucci de 150EUR, presumiremos que está muito bem de finanças e portanto, não precisa de aumento. Se ele se vestir de forma pobre, será um sinal de que precisa de aprender a controlar melhor o seu dinheiro para que possa comprar roupas melhores e portanto, não precisa de aumento. E se ele se vestir no meio-termo, estará perfeito e portanto, não precisa de aumento.

2. AUSÊNCIA DEVIDO A DOENÇA:

Não vamos mais aceitar uma declaração do médico como prova de doença. Se o funcionário tem condições para ir até ao consultório médico também tem para vir trabalhar.

3. CIRURGIA:

As cirurgias são proibidas. Enquanto o funcionário trabalhar nesta empresa, precisará de todos os seus órgãos, portanto, não deve pensar em tirar nada. Nós contratámo-lo inteiro. Remover algo constitui quebra de contrato.

4. AUSÊNCIAS DEVIDO A MOTIVOS PESSOAIS:

Cada funcionário receberá 104 dias para assuntos pessoais, em cada ano. Chamam-se Sábados e Domingos.

5. FÉRIAS:

Todos os funcionários têm direito a gozar ainda mais 12 dias deférias nos seguintes dias de cada ano:

1 de Janeiro, Dia de Páscoa, 25 de Abril, 1 de Maio, 10 de Junho, 15 de Agosto, 5 de Outubro, 1 de Novembro, 1 de Dezembro, 8 de Dezembro e 25 de Dezembro.

6. AUSÊNCIA DEVIDO AO FALECIMENTO DE ENTE QUERIDO:

Esta não é uma justificação para perder um dia de trabalho. Não há nada que se possa fazer pelos amigos, parentes ou colegas de trabalho falecidos. Todo o esforço deverá ser empenhado para que os não-funcionários cuidem dos detalhes. Nos casos raros, onde o envolvimento do funcionário é necessário, o enterro deverá ser marcado para o finalda tarde. Teremos prazer em permitir que o funcionário trabalhe durante o horário do almoço e, daí sair uma hora mais cedo, desde que o seu trabalho esteja em dia.

7. AUSÊNCIA DEVIDO À SUA PRÓPRIA MORTE:

Isto será aceite como desculpa. Entretanto, exigimos pelo menos 15 dias de aviso prévio, visto que cabe ao funcionário treinar o seu substituto.

8. O USO DO WC:

Os funcionários estão a passar tempo demais na casa de banho. No futuro, seguiremos o sistema de ordem alfabética. Por exemplo,Todos os funcionários cujos nomes começam com a letra 'A' irão entre as9:00 e 9:20, aqueles com a letra 'B' entre 9:20 e 9:40, etc. Se nãopuder ir na hora designada, será preciso esperar a sua vez, no dia seguinte. Em caso de emergência, os funcionários poderão trocar o seu horáriocom um colega. Ambos os chefes dos funcionários deverão aprovar essa troca, por escrito. Adicionalmente, agora há um limite estritamente máximo de 3 minutos na sanita. Acabando esses 3 minutos, um alarme tocará, o rolo de papel higiénico será recolhido, a porta da sanita abrir-se-á e uma foto será tirada. Se for repetente, a foto será afixada no quadro de avisos e Intranet do Serviço com o título Infractor Crónico.

9. A HORA DO ALMOÇO:

Os magros têm 30 minutos para o almoço, porque precisam comer mais para parecerem saudáveis. As pessoas de tamanho normal têm 15 minutos para comer uma refeição equilibrada que sustente o seu corpo mediano. Os gordos têm 5 minutos, porque é tudo que precisam para comer uma salada e um tomarem um controlador de apetite.

Muito obrigado pela sua fidelidade à nossa empresa. Estamos aqui para proporcionar uma experiência laboral positiva. Portanto, todas as dúvidas, comentários, preocupações, reclamações, frustrações, irritações, desagravos, insinuações, alegações, acusações, observações, consternações e quaisquer outras... 'ões' deverão ser dirigidas para outro lugar.

Tenham uma boa semana.

A Administração.

PS: Preparem-se para o novo Código de Trabalho.

M019 - Metal Amarelo

Sempre em alta! (não subo mais de um metro)

quarta-feira, outubro 25, 2006

M018 - Vertigens?

ou falta de drenagem superficial?

N010: Um privilégio assumido...


... o de trabalhar a uma janela assim!
:-))

segunda-feira, outubro 23, 2006

M017 - Descoberta Matinal

Deve ter sido durante o fim de semana porque na sexta-feira não vi nada :-)

HY04 - Cem comentários

domingo, outubro 22, 2006

C006: Monocolor


E para não se dizer que só ligo ao verde...

PS: Esta fotografia não foi editada

sexta-feira, outubro 20, 2006

N009: Concurso "digam lá quem lhes faz lembrar!"...


:-)))
Desculpem-me a repetição, se esta já tinha chegado aos vossos emails...

C005: Diferenças culturais


O autocolante análogo em Portugal pede para dar passagem ao autocarro, quando este sai da paragem.

Aqui não se entende bem o destino nem as instruções, mas é claro que se deve “stopar” quando um autocarro nos ultrapassa antes da paragem onde quer encostar. É outra dinâmica!
PS: Aqui, o Outono ainda não chegou...!

L017 - Mecaniquices

Numa ida minha ao Porto, ainda esta semana, quando deparo na famosa A4 com uma fila de trânsito descomunal. Como o meu calhambeque não tem asas(e ainda não me saiu o euromilhões para eu ser uma nova excêntrica e comprar um helicóptero), que remédio tive eu que esperar como todos os outros. Com o avançar da fila encontro 'n' (tenho que me modernizar para combater a fossilização) carros encostados à berma, com os ditos condutores com o seu hiper super mega fashion colete reflector vestido, com o 'capot' do carro aberto e debruçados sobre o motor do veículo com uma expressão pensadora, provavelmente a tentarem compreender o porquê da avaria, além de terem o motor do carro a fumegar, os cérebros dos ditos condutores não demorariam muito a entrarem em curto-circuito, claro que não posso confirmar esta informação porque tive que ir avançando à medida que a fila (ou bicha como dizem na radio) também o fazia.
Posto isto, e para minha desgraça, cheguei à conclusão que temos um país de mecânicos, ou de pessoas que percebem 'bués' de mecânica.
E então eu?? Se me avaria o carroço como faço?? Será que tiveram aulas? Onde foi? Porque não fui avisada dos cursos?
Como fiquei preocupada com isto tomei uma decisão e como não sou egoísta aqui deixo uma dica para a malta que está como eu, que não percebe patavina de mecânica, além de saber colocar água no depósito do limpa-vidros (o que já não é nada mau e no verão dá imenso jeito para poder limpar aqueles mosquitos gordos que mais parecem chiclets que se colam ao vidro da frente e também limpar as necessidades fisiológicas que os pássaros nos deixam no carro).
Meus amigos no caso de avaria do veículo a primeira coisa a fazer é chamar o reboque (mas muito discretamente para que ninguem se aperceba), entretanto vestir o dito colete (que é para toda a gente nos ver), abrir o 'capot' do carro e debruçarmo-nos sobre o motor e com cara pensativa (como se percebessemos 'buérérés' daquilo) a aguardar a chegada do reboque. No caso de alguém parar para ir 'cuscar' o que se passou (o que até nem é habitual no nosso país) e nos perguntar o que se passa, a gente responde:
- Estou a ver aqui um problema na junta da colaça, o que até concertava, mas não tenho aqui comigo a caixa de ferramentas!
E assim a única vergonha que passamos é estar ali de pé feitos parolos, mas por causa do colete....

quinta-feira, outubro 19, 2006

HY03 - concurso #1

Para compensar o preço elevado dos parqueamentos, os dias de chuva, as filas de espera na UTAD, o saudosismo do Luís Carvalho pelo Citroen AX e como somos culpados pelo aumento
da Electricidade em 15,7% , aqui está uma foto tirada a semana passada, bem iluminada e sem chuva para os saudosistas do bom tempo.

Só têm de completar o poema, com um palpite do que me aconteceu nesse dia, depois de tirar esta foto!.
Batem leve, levemente, como quem chama por mim, será chuva? será gente? gente não é certamente e a chuva não bate assim...

...

S002- Carro da Florbela Espanca

Será que a Florbela Espanca tinha um CITROEN AX?
Segundo o Luís Carvalho se ela fosse viva teria um.
Aqui está um poema baseado na Florbela Espanca e no CITROEN AX.

L016 - 14 Horas Semanais

Qual não é o meu espanto quando me dirijo à secretaria da 'nossa' famosa UTAD por volta da 10h15m (é que eu sei que as 'meninas' da secretaria trabalham que nem escravas) quando dou com o nariz na porta.
E perguntam vocês: porquê? Porque a secretaria só abre às 11h. Vou ver o horário de funcionamento e qual não é o meu espanto, quando começo a fazer contas (é que as matemáticas e álgebras já foram há muito mas ainda me lembro assim dumas coisitas) e chego à conclusão que a dita secretaria só abre 14horas semanais (sim leram bem, 14, ou catorze como preferirem) ao público. Ainda por cima (para agravar a ajudar na minha boa disposição) a fila de espera é na rua!!! E como está um tempo super agradável, lá fico eu feita maluquinha de guarda-chuva, cheia de frio, com os pés a ficarem congelados, e uma ventania excomungada à espera, 3 quartos de horas, que as 'meninas' venham do bar e se lembrem de abrir a porta.
Finalmente dignam-se a abrir a porta (ao menos agora a gente espera na fila mas dentro das instalações, que sempre é melhor que estar na rua como os cães).
Chegada a minha vez lá peço eu o famoso certificado de habilitações (que é aquele papel onde está descriminada a cadeira e nota obtida e merdas), quando me informam (mesmo à zé tuga) que esse certificado era noutra secretaria. Lá vou eu feita bola de ténis, pedir o raio do certificado, quando a menina (que por acaso até foi muito simpática) me diz o seguinte:
- Ah, pois é! Você é uma aluna bastante antiga, e isso demora mais. Se fosse mais recente dava para tirar o certificado aqui mesmo, assim tem que ir...
(já nem ouvi o resto, porque o meu cérebro estagnou quando ela me disse que eu era uma aluna bastante antiga)
Meus caros amigos eu terminei o curso em 1997!!!!!!!!! Aluna bastante antiga?????? Lá fico eu com cara de parva, na fila aqueles teenagers todos a olhar aqui prá je tipo como se eu fosse algum fóssil ou alguma carcaça de dinossauro...
Ou seja, passou-me logo a revolta dos horários de funcionamento, a chuva, o frio que apanhei e burocracias todas para ficar com a neura toda.
Portanto aqui a vossa amiga 'dinossaura' vai ter que ir telefonando para saber quando fica pronto o dito certificado...

M016 - "Bom dia, tá de chuva"

Escorre pelo beiral do telhado, uma fenómeno raro, incómodo mas bonito :-) e... vem de cima! É que no Porto a chuva vem de baixo, em Sintra nasce na roupa, em Oeiras dobra as varetas, em Lisboa escorre no metropolitano e dentro dos autocarros, em Albufeira está um lindo dia de praia, não é Olga?... Ahhh é época do guarda-chuva!

quarta-feira, outubro 18, 2006

L015 - Só para utentes

Não acham que é um preço um pouco elevado a pagar pelo parqueamento da viatura???

L014 - Auto modas

L013 - Etiqueta


Não precisamos de arte divinatória para afirmar que quem concebeu semelhante etiqueta, além de pertencer ao sexo masculino, é egoísta. Então e os solteiros, divorciados, viúvos e encalhados????

L012 - Leitura


Chamem-lhe burro... Já estou a imaginar a conversa "vire p'ra cá o cagueiro que eu vou-lhe ler a sorte (e quanto mais jeitoso for o dito melhor e mais sorridente será a sorte). Estou a ver aqui uma celulitezita acumulada - não será certamente o da foto - recomendo-lhe uma dietazinha, o cheiro também não é o melhor portanto vejo aqui uns problemas intestinais"
Não vá a moda pegar e começar a aparecer outro tipo de leituras...

terça-feira, outubro 17, 2006

S001- Aprender a ganhar no futebol


Depois dizem que os Portugueses é que são fiteiros....

M015 - Nozes a Dentuças

Faço o trajecto a pé de casa ao trabalho quatro vezes. São cerca de quinze minutos duas vezes a subir e duas vezes a descer, pleonasmos da vida. Há cenas matinais que se repetem: um par de amigos antagónicos em caminhada matinal (o empresário do covilhete moreno simpático e bonacheirão e o advogado loiro bom como o milho e sisudo), os trabalhadores de uma obra de reconstrução de uma habitação à “antiga portuguesa” (um cubo com vãos em simetria vertical e horizontal, cantarias, telhado com beirais e o inevitável alpendre na entrada) em constante equilíbrio entre a vida e o trabalho, os varredores das folhas do Outono (actividade muito interessante tendo em conta que nenhum destes homens deve pegar numa vassoura em casa), as pessoas paradas à volta do postalete da paragem do autocarro (animação recente, uma atitude que transformou para melhor o movimento da cidade), os poucos destemidos velhotes à janela (dá vontade de lhes dizer adeus) do lar da terceira idade com uma história de arquitectura muito interessante, o veiculo frigorifico de transporte de carne à porta da salsicharia (um designação muito de cá para o comércio de carne de porco e frango) num vai e vem de caixotes de plástico com frangos para o almoço… e mais não digo senão transformo-me numa sucursal de coscuvilhice... sem as cenas de antes e depois da hora do almoço e as de regresso muito mais animadas! Num trajecto cheio de pormenores de rotina e/ou de surpresa que valem milhares de fotografias interessantes, pensamentos, telefonemas, mensagens, cumprimentos formais, sorrisos, olá tudo bem, sou uma sortuda, nada de pessimismos, tenho saúde, trabalho, estamos em paz, há liberdade de movimento, não chovem bombas, não se ouvem tiros… e mesmo com alguns dentes de plástico bem trinco as nozes que tenho! (semeio, rego, podo, apanho e descasco antes de as trincar, mastigo, engulo, digiro e não caem do céu)

segunda-feira, outubro 16, 2006

N008: Em busca da mancha luminosa...





Efeitos colaterais do concurso «Fotodicionário».

:-))